9 de dez de 2011

Tentativas frustradas...


  E por mais que você tente, certas coisas não podem ser concertadas nem mudadas da melhor maneira possível. Ausência não pode ser substituída por palavras, beijos não  podem ser trocados por fotos e nem o toque pode esperar.
  Por mais que eu queira, insista e me iluda não  posso faze-lo sentir-se melhor, nem conforma-lo, muito menos faze-lo sorrir. Porque o que lhe fere é o que lhe ofereço, é essa distância imposta, esse vazio forçado...
E a culpa é o castigo de quem fere, é a tormenta de quem se atreve a ferir o que ama. Só me resta levava até que o possa traze-lo de volta e devolver-lhe o que foi tirado (se é que algum dia eu ainda posso sonhar com essa oportunidade.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário