24 de jun de 2012

Livros e o seu poder



  Estava no Facebook quando me deparo com uma postagem do Skoob , a rede social dos fãs de livros, de um trecho da Carta a Oscar Pollak do Franz Kafka e me identifico com o mesmo, o trecho diz o seguinte: (clique aqui e veja o post completo. )
  
     “Acho que só devemos ler a espécie de livros que nos ferem e trespassam. Se o livro que estamos lendo não nos acorda com uma pancada na cabeça, por que o estamos lendo? Porque nos faz felizes, como você escreve? Bom Deus, seríamos felizes precisamente se não tivéssemos livros e a espécie de livros que nos torna felizes é a espécie de livros que escreveríamos se a isso fôssemos obrigados. Mas nós precisamos de livros que nos afetam como um desastre, que nos magoam profundamente, como a morte de alguém a quem amávamos mais do que a nós mesmos, como ser banido para uma floresta longe de todos. Um livro tem que ser como um machado para quebrar o mar de gelo que há dentro de nós. É nisso que eu creio.” 


    Bom o trecho exprime exatamente uma opinião minha e talvez de milhares, que os livros que mais amamos, ou que nos vem na cabeça quase que automaticamente ao sermos perguntados sobre "qual seu livro favorito?" ou "qual livro você indica?" são aqueles que tocam o nosso âmago, que faz as lágrimas descerem pelo nosso rosto tão naturalmente que nem percebemos.
    São os livros que mudam nossa perspectiva de encarar o mundo, as pessoas, nossos sentimentos, angustias e dores. Que ao término dele nossa alma se alegra, nosso coração se aquece e nossa inteligência se abrange muito mais do que todos os outros já lidos.
    E não importa o tema abordado, o estilo lido, o autor utilizado se um livro for capaz de mudar você de tal forma, sinta-se abençoado por ter vivido algo tão profundamente tocante, e caso você ainda não tenha tido isso, continue procurando, existem milhares de livros em cada estante, em cada livraria, biblioteca, feira, talvez o SEU esteja apenas lhe esperando...
  

Um comentário:

  1. Cada livro contém um poder, um grande poder. O mais incrível de tudo é que esses poderes se transformam a cada novo leitor.
    Em alguns, tem poder de grande alegria, em outros poderes de grande angústia, poder de simples alívio ou poderes de grandes loucuras.
    Poderes contidos em nós, que são refletidos através de palavras de outros que conosco se identificam.
    Parabéns pelo texto, muito bem feito!
    Um beijo ;*

    Juliana . Oliveira
    http://www.trocandoconceitos.blogspot.com.br/
    @Julymg2

    ResponderExcluir